<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6455201\x26blogName\x3dsomatos+\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://somatos.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://somatos.blogspot.com/\x26vt\x3d-4926936997051577480', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

setembro 19, 2006

no metro, elas - ambas escandalosamente anorécticas e com demasiada maquilhagem a disfarçar uma idade apetecível, não fosse a anorexia e os ossos a escaparem-se-lhes pelas cartilagens - conversavam sobre unhas de gel e extensões de cabelo, por entre olhares sorridentes, reviravoltas nos cabelos e pestanas a bater contra a carne tenra e colorida sob os olhos trigueiros.
miravam e tentavam seduzir - de alguma forma, pareceu-me que era isso que faziam - dois jovens empresários, vestidos com fatinhos e com os rostos perfeitamente hidratados. esta malta cuida-se. eles sorriam entre si. cheguei a pensar que eram gays. mas não.
saí no marquês, eles também, elas fingiram que saíam ali, riram-se para eles e voltaram a entrar na carruagem com uns pulos inacreditáveis, dados os saltos em que elas se equilibravam.
ao subir as escadas, os dois homens, claramente mais novos que eu e provavelmente mais novos que elas, desataram a rir.
"que parvas! parece que não têm nada na cabeça!", foi o comentário de um deles, por entre as risadas do outro.