<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6455201\x26blogName\x3dsomatos+\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://somatos.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://somatos.blogspot.com/\x26vt\x3d-4926936997051577480', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

agosto 23, 2006

a minha pele é clara.
quando chega o mês de julho,as sardas acordam debaixo do sol da manhã a caminho do trabalho. nas raras vezes em que me atrevi a não usar PROTECTOR SOLAR, queimei-me - salvo na grécia, porque aquele solzinho era divinal e foi, aliás, a 1ª vez na minha vida em que fiquei bronzeada ou, segundo a minha mãe, cor-de-mel -, mas era demasiado nova e achava que ficar com um bronzeado do caraças me tornaria mais atraente.
tolice! na verdade, esse bronzeado intenso faz-nos parecer mais velhas: as rugas de expressão ficam mais presentes e as linhas da testa, caso as tenham, dilatam de forma assustadora, tanto quando o número de vezes em que não foi usado PROTECTOR SOLAR.
gosto tanto de ir à praia como qualquer outra mulher, adoro mesmo - desde que não esteja um calor infernal como tem estado ultimamente - mas prefiro ir de manhã ou ao entardecer. é tão mais saudável!
eu, pelo menos, quero envelhecer bem, saudável, dentro da medida do possível.

a propósito disto, leiam a transcrição de um texto de um(a) tal de baz lurhman no cha-no-yu.

obs.: fica aqui registado o meu compromisso de me iniciar na arte marcial japonesa do aikido - este também é o meu caminho.

correcção: baz lurhman - homem, realizador (eu não sabia) - não é o autor do texto mas sim uma senhora de nome mary schmich.
Blogger Xanusca disse...

Também prefiro osol do fim da tarde. Aquele que aquece a pele, o corpo e a alma. Sabe incrivelmente bem...

23/8/06 21:59  
Blogger Baggio disse...

Na verdade quem escreveu o texto foi Mary Schmich, não Baz Luhrmann (o realizador).

24/8/06 19:17  
Blogger cassandra disse...

ok, vou corrigir ;) obrigada!

24/8/06 19:51  
Blogger Folha de Chá disse...

No fim de férias, o balanço que faço são várias embalagens de protector mínimo SPF 30, com muito sol, muito mar e um bronzeado protegido. Nada melhor.

28/8/06 01:07  

diz ...