<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6455201\x26blogName\x3dsomatos+\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://somatos.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://somatos.blogspot.com/\x26vt\x3d-4926936997051577480', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

janeiro 27, 2005

acredito no "eu sinto", não acredito no "eu consigo sentir".

e agora a explicação: a ideia de indução da sensação desagrada-me, soa a falso, ilusório e denuncia uma qualquer falha não sei bem a que nível. daí que, quando digo "eu sinto", sou eu sozinha que recebo dentro de mim uma qualquer coisa e a ela reajo.
não preciso de ajuda para sentir.
e tento não racionalizar demasiado esse sentir...
Blogger zibl disse...

entendo o que queres dizer...

acho que, a partir de certa idade, vamo-nos dando progressivamente conta que "eu sinto" significa em grande medida "eu sei que sinto", "eu observo-me a sentir"... espero que nunca isso se transforme em "eu deveria sentir"...

26/1/05 12:31  
Blogger Amaral disse...

O sentimento é a linguagem da alma.Talvez por isso o António Damásio tenha dificuldade em localizá-lo...

27/1/05 12:04  
Blogger O poeta noctívago disse...

Sente. Não te preocupes em sentir.

29/1/05 01:20  
Blogger Tiago Franco disse...

Estou contigo. Espero que não te importes, mas mais tarde ou mais cedo vou ter de citar este post para tentar explicar uma ideia.
Vá lá...

31/1/05 20:41  
Blogger cassandra disse...

mi casa es su casa :)

1/2/05 23:33  

diz ...