<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6455201\x26blogName\x3dsomatos+\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://somatos.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://somatos.blogspot.com/\x26vt\x3d-4926936997051577480', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

setembro 07, 2005

nenhum cigarro é sequer parecido com qualquer coisa que se possa chamar de "o melhor". o tabaco mata. contém mais de 60 químicos cancerígenos, incluíndo várias famílias de nitrosaminas.
quando se fuma, a nitrosamina pode ser detectada na saliva (geralmente, é agente provocador de halitose), na urina, nos mucos cervical e genital e no tecido fecal (cujos odores e consistências respectivos se alteram devido aos diversos químicos inalados).
eu não estava a fazer um elogio a uma determinada marca de cigarros, aliás, repugna-me a indústria tabaqueira e o seu imperialismo. mas não vamos entrar por aí.

a expressão "lucky strike" pretendia ser irónica e o seu sentido reside na semântica de cada uma das palavras que a compõe.

p.s.: o tabaco também diminui a possibilidade de sentir orgasmos.
Blogger Mónica disse...

Sim mata, mas para quando se fuma nem sequer se pensa nisso. e eu continuo a afirmar que o Lucky Strike é o melhor tabaco :p

8/9/05 13:36  
Blogger André disse...

Por acaso este post era absolutamente desnecessário.
Se fosse só o tabaco que te faz isso. Já pensaste na quantidade de coisas que te prejudica?

Por vezes fazes posts que fazem com que percas qualquer brilho que possas ter, visto que te mostras um pouco infantil ou até fútil.

8/9/05 18:11  
Blogger André disse...

E é verdade: até viver mata.

8/9/05 18:12  
Blogger cassandra disse...

eu não estava a falar de "coisas" que prejudicam, estava a falar apenas de uma, o tabaco. quando as outras surgirem em conversa, e se eu o entender, delas falarei, sendo que, como é óbvio, já pensei nelas, muito mais quando era adolescente e tudo à minha volta parecia ter um peso decisivo e quase apocalíptico sobre o meu futuro.
e o viver não mata, meu caro, o não saber viver - é claro que esta expressão é altamente subjectiva e cada um saberá o que é "saber viver" - é que mata, aos poucos, é certo, mas de forma excruciante, por vezes. não tenho nada contra quem fuma, pelo contrário. não sei se és um frequentador habitual da blogosfera (o facto do teu blog estar desactivado é um indicador negativo) ou não, mas ficas a saber que também já fumei e não pretendo, de modo nenhum, ser moralista. quem me conhece destas paragens, sabe bem que o não sou nem nunca pretendi ser. o moralismo que me caracteriza aplico-o somente a mim e nestes últimos tempos não anda sequer em alta.
quanto aos meus posts, andré, é simples: se não gostas, não apareças. e dificilmente levaria a sério qualquer coisa dita por alguém cujo blog se intitula de winkywonky. how childish is that?

8/9/05 21:18  
Blogger animah disse...

Não sei como alguém se pode esforçar tanto por defender algo que na verdade não passa de um sinal de fraqueza pessoal. Tal como qualquer vicio o é.

8/9/05 21:23  
Blogger cassandra disse...

e, por acaso, qualquer post em qualquer blog é sempre necessário para quem o escreve. não é admissível que alguém cuja existência tem, virtualmente, algumas horas, presuma e diga o contrário.

8/9/05 22:49  

diz ...