<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6455201\x26blogName\x3dsomatos+\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://somatos.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://somatos.blogspot.com/\x26vt\x3d-4926936997051577480', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

setembro 05, 2005

a última vez que viram o nosso amigo, ele estava embasbacado diante desta beldade.

Blogger Mónica disse...

Ah! Ok! Bem me parecia que ele estava com uma enorme cara de espanto! Agora já percebi porque era :D ;)

***

6/9/05 16:23  
Blogger Luis Serpa disse...

E depois, já agora, onde está o pato? Sete Rios?

Parece mais uma estação em Paris, daquelas onde chegamos quando somos jovens, ou partimos qando estamos feridos.

De qualquer forma, não gosto de patos cor-de-rosa. Olhas melhor e vês que são patas, coisas chatas, de andar chato. Como o pato, só que pato, coitado, não engana ninguém: é pato e chato, e isso vê-se, logo. Já com as patas cor-de-rosa tal não é o caso: escondem-se em cidades que ninguém conhece (salvo os jovens e os feridos), fingem-se uma coisa e são outra - parecem, sejamos frontais, um dia de chuva que despontou cheio de sol, ou um dia de sol que começou cheio de chuva.

Esta, por exemplo, a da fotografia: quem é? Porque está ali? Onde está? Não é Montparnasse. Gare du Nord? Talvez. Importa saber: o que define uma partícula não é o que é (isso ninguém, ou pouca gente, sabe) mas sim onde está e para onde vai.

7/9/05 01:56  
Blogger cassandra disse...

não gostei, luís... não tiveste piada. :)

7/9/05 14:36  
Blogger Luis Serpa disse...

Não ter piada não é, Cassandra, um pecado mortal. Quando muito, é um pecado venial.

7/9/05 23:29  
Blogger cassandra disse...

seja.

7/9/05 23:49  
Blogger S. disse...

É uma beldade tal, que até brilha no escuro, não?

8/9/05 14:02  
Blogger cassandra disse...

infelizmente não brilha, mas um dia destes arranjo um desses ;)

8/9/05 21:14  

diz ...