<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6455201\x26blogName\x3dsomatos+\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://somatos.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://somatos.blogspot.com/\x26vt\x3d-4926936997051577480', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

maio 18, 2005

ode ao meu namorado

o que é que achas de tomarmos um banho?
deitados junto a um riacho, com o sol a bater-nos nas caras e nos braços. é verão, já.
não há vento. as flores perdem os seus odores debaixo da canícula.
sopro para dentro do vestido, e tu olhas-me à espera de uma resposta a uma pergunta perdida.
deslizo as alças do vestido pelos braços abaixo, até o tecido fresco se amontoar sobre a erva.
entro na corrente tranquila e olho-te, maliciosa, enquanto me reclino para molhar os cabelos e os seios assomam à tona d’água.
agora também tu estás dentro do riacho, ao meu lado, tocas-me os cabelos iluminados e eu sorrio, antecipando o teu beijar e o teu tocar.

gosto de ti. assim.
com as tuas cores e o teu cheiro. os teus hábitos. o teu espaço.
assim.